Dúvidas? Fale Conosco!
0item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.

5786 # Série completa SAARLAND 10, 20, 50 e 100 Franken 1954

Seja o primeiro a avaliar este produto

Descrição Rápida

Raridade! Unicas moedas que foram emitidas durante o estado autônomo. Série completa SOB/FC incluso a 50 Franken que ja é rara!
R$599,00

ENTREGA IMEDIATA

Detalhes

Raridade! Unicas moedas que foram emitidas durante o estado autônomo. Série completa SOB/FC incluso a 50 Franken que ja é rara! História: A região, originalmente populada por tribos celtas, passou a fazer parte do Império Romano no Século I a.C.. O domínio romano durou até o Século V, quando os franconianos conquistaram o território e dividiram-no em várias regiões, que, ao longo dos anos, foram adquirindo grande grau de independência. Durante a Revolução Francesa, em 1792 o Sarre foi conquistado pelos franceses e passou a fazer parte da França, com boa parte das cidades constituindo o Département de la Sarre e algumas outras o Département Donnersberg. Com a derrota de Napoleão, em 1815, a região foi novamente dividida, desta vez em três partes, pertencentes cada uma à Província Prussiana do Reno, ao Reino da Bavária e ao Duque de Oldenburg. Em 1870, o imperador francês Napoleão III ordenou a invasão da capital do Sarre, Saarbrücken, o que deu origem à Guerra Franco-Prussiana. Depois da guerra, o Império Alemão foi fundado, sendo o Sarre parte dele. Depois da I Guerra Mundial, foi determinado que o Sarre, altamente industrializado, seria governado pela Liga das Nações por um período de 15 anos e suas minas de carvão seriam cedidas à França. Sendo o estado a única parte da Alemanha fora do Terceiro Reich, foi para lá que um número significativo de alemães antinazistas fugiram em 1933, mas isso não impediu que, dois anos depois, ao fim do período sob governo da Liga das Nações, um plebiscito devolvesse o estado à Alemanha. Um dos principais motivos para isso foi o sentimento antifrancês. 90,73% votaram por voltar a fazer parte da Alemanha, 8,86% votaram por manter tudo como estava e apenas 0,4% votaram por ser incorporados pela França. Após a II Guerra Mundial, o Sarre voltou a ser administrado pela França, agora como um protetorado, o Protectorado de Sarre. Em 1955, um novo referendo foi convocado para determinar se haveria a independência da região, mas, apesar do apoio do chanceler alemão ocidental Konrad Adenauer, a proposta foi rejeitada. A maioria optou pela volta do Sarre à República Federal da Alemanha, o que se daria em 1 de janeiro de 1957.

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

  1. Seja o primeiro a avaliar este produto

Queremos saber sua opinião